Os cabos aéreos podem ser sustentados por cordoalhas de aço ou dielétricas, sendo que a segunda opção, por ser dielétrica, dispensa aterramentos e ferramentas especiais para corte. Além de ser mais leve, permite uma instalação mais rápida e fácil em relação à cordoalha de aço.

A Fibracem fornece duas variedades do produto, a Cordoalha Dielétrica FRP  e a Cordoalha Dielétrica FA e ambas dispensam aterramentos e o uso de ferramentas especiais para corte. Além de ser mais leve, permite uma instalação mais rápida e fácil em relação à cordoalha de aço. E possuem como grande vantagem a leveza e rigidez, permitindo uma instalação mais rápida e fácil em relação à cordoalha de aço. Além disso, o isolamento elétrico do material permite o desenvolvimento do trabalho dos técnicos, sem o perigo da energização da rede. Cordoalhas dielétricas: Economize Recursos de Manutenção

A Cordoalha de FRP possui maior rigidez em sua estrutura, facilitando o lançamento e sendo mais resistente à tração no momento da instalação, evitando o escorregamento da cordoalha na alça pré-formada, podendo suportar cargas de até 1.200 kg, enquanto que o modelo de Aramida suporta até 1.000 Kg.

A Cordoalha FA por sua vez, possui estrutura mais maleável e por este motivo suporta menos carga de tracionamento no momento da instalação e utilização. No entanto, pode sofrer raios mais agressivos no manuseio, por isso a escolha do tipo de cordoalha deve respeitar a configuração do projeto.